As distribuidoras CPFL Paulista e CPFL Piratininga, concessionárias da CPFL Energia que juntas atendem 5,8 milhões de consumidores em 261 cidades paulistas, lançam um projeto para estimular a eficiência energética no meio empresarial paulista e brasileiro. Batizado de “Desconto Eficiente – Motores Elétricos”, a iniciativa tem como foco a retirada de circulação de motores elétricos antigos e a respectiva substituição por novos equipamentos, mais modernos e eficientes, promovendo, assim, o uso racional da energia e também contribuindo para reduzir as despesas dos consumidores com a conta de energia.

A ação, comandada pela Gerência de Eficiência Energética da CPFL Energia tem o investimento previsto para o projeto nas distribuidoras de R$ 8,090 milhões.

Pelas regras do projeto, as distribuidoras concederão um bônus aos clientes para a aquisição de novos motores elétricos com o objetivo de desestimular o recondicionamento (rebobinamento) dos equipamentos avariados e, com isso, retirar de circulação modelos ineficientes por motores de alto rendimento energético, evitando o desperdício. O desenvolvimento do projeto faz parte de uma iniciativa mais ampla da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), denominada Incentivo à Substituição de Motores Elétricos: Promovendo a Eficiência Energética no Segmento de Força Motriz.

Previamente à concessão do bônus para a aquisição dos novos equipamentos, as distribuidoras irão analisar os projetos encaminhados pelos interessados, avaliando as solicitações com base em critérios técnicos-econômicos. Sendo considerado apto, o projeto proposto será ranqueado, e aqueles que se adequarem ao orçamento previsto no edital público podem ser contemplados.

De acordo com o Gerente de Eficiência Energética da CPFL Energia, Luiz Carlos Lopes Jr, a iniciativa, além de reduzir a conta de energia elétrica, vai contribuir para a modernização das empresas e indústrias da área de concessão com equipamentos com tecnologia mais atual. “É uma grande oportunidade para trocar motores elétricos antigos por mais modernos e passar a ter mais eficiência operacional em seus processos”, afirma Lopes Jr.

Após a instalação do novo motor, o cliente deverá realizar o descarte do modelo antigo. Esse procedimento deverá ser evidenciado por meio de certificado ou laudo. Quem for beneficiado ainda estará sujeito a vistorias periódicas de técnicos da CPFL Paulista e da CPFL Piratininga para executar as medições no novo equipamento para que a sua eficácia operacional e energética possa ser comprovada.

No Projeto Desconto Eficiente – Motores Elétricos, os equipamentos contemplados são os motores monofásicos acima de 1 cavalo vapor (CV) e os trifásicos entre 1 cv e 250 cv das classes IR2 e IR3.

Fonte: www.proceinfo.com.br

Compartilhe