Substituição de motores elétricos antigos por novos e mais eficientes são elementos-chaves para ganhos energéticos significativos nas indústrias, além de contribuir amplamente com a redução de emissão de CO2 para o meio ambiente.

Foi isso o que aconteceu com a Cooperativa Cooper A1,  localizada em Santa Catarina, onde a troca de 31 motores elétricos antigos por novos contribuiu para a redução de 146 toneladas de CO2. Para tornar esta meta sustentável, a WEG desenvolveu um projeto de eficiência energética que será implantado em todas as unidades da Cooper A1.

A ação planejada será executada em etapas. A primeira foi aplicada em fevereiro de 2016, com a substituição de 31 motores antigos por novos de maior eficiência, que juntos representam 773,5 CV.

Na fábrica de rações, em Itapiranga/SC, foram substituídos os motores para aplicação no moinho, misturadores e aeradores dos silos, por modelos de alta eficiência das linhas W22IR3 Premium, W22 Magnet IR5 Ultra Premium e inversores de frequência CFW11. Já nas unidades de recebimento de grãos, em Iporã/SC e Descanso/SC, as trocas de motores foram feitas nos aeradores de silos, secadores e transportadores redler.

Os ganhos para o meio ambiente são significativos, a Cooper A1 deixará de emitir 146,619 toneladas de CO2 por ano no meio ambiente. A economia de energia elétrica alcançada chega a 18%, com uma redução de 223.215 kWh/ano, e retorno de investimento previsto em 25 meses.

Dispor de alta tecnologia para análise e implementação de mecanismos e equipamentos foi o diferencial encontrado pela Cooper A1 na WEG, de acordo com Caciano F. Gewehr, comprador da empresa. “Além de economizar na conta de energia e reduzir em algumas toneladas a emissão de CO2 no meio ambiente, também alcançamos um parque fabril extremamente mais confiável e muito menos propício a paradas por falhas ou quebras”, analisa.

Descubra como o motor elétrico pode tornar sua indústria mais eficiente. https://www.weg.net/see+/pages/regua.jsp

Fonte: http://goo.gl/ryph1G

Compartilhe