O material audiovisual traz o tema de forma didática e deverá apoiar capacitações destinadas aos setores público e privado.

Produzidos mediante parceria entre MMA e PNUD, os seis primeiros vídeos tratam da Etiqueta Nacional de Conservação de Energia (ENCE), uma classificação de edifícios em faixas de A – mais eficiente energeticamente – até E – menos eficiente – de acordo com o sistema de iluminação, o ar condicionado e o exterior do prédio (tecnicamente chamado de envoltória). O sétimo vídeo trata do Projeto, ferramenta interativa direcionada a universitários e projetistas que estão iniciando a carreira, para que projetem edificações energeticamente eficientes. O último vídeo é sobre o aquecimento solar de água.

“Os vídeos valorizam o aspecto didático, mostrando de forma clara informações tratadas, muitas vezes, com linguajar técnico. Eles também retratam a realidade brasileira. Quando tratamos de aquecimento solar de água, isso é a realidade de eficiência energética no Brasil. Mostrar para as crianças que existe uma casa com sistema de aquecimento solar no teto em vez de uma chaminé é divulgar a informação de forma acessível e didática”, explica a oficial de programas da unidade de desenvolvimento sustentável do PNUD, Rose Diegues.

Segundo a analista em infraestrutura Alexandra Albuquerque Maciel, da Secretaria de Mudanças Climáticas e Qualidade Ambiental do MMA, esse será um importante material de apoio a capacitações oferecidas ao longo de 2016 e 2017 aos setores público e privado, bem como material para a disseminação e divulgação dos resultados do Projeto 3E.

Conheça mais em: https://goo.gl/LH9WZS  e http://goo.gl/v8GlCm

 

Compartilhe