Finalmente uma notícia boa, o investimento global em energias renováveis bateu recorde em 2015 chegando ao marco de US$286 bilhões de dólares.. Este valor é mais do que o dobro do que foi investido na geração de gás e carvão no mesmo período.Nada menos que 147 gigawatts (GW) de eletricidade – produzida a partir de fontes sustentáveis e renováveis – chegaram às redes de distribuição do mundo todo em 2015. As boas novas foram divulgadas pelo relatório Renewables 2016 Global Status Report, elaborado pela rede internacional REN21.(http://www.ren21.net/status-of-renewables/global-status-report/).

leo1

A análise é feita a partir da produção de energia de 148 países, que juntos, possuem 92% do PIB global e onde está concentrada 95% da população mundial. O setor de energia solar foi o que mais recebeu dinheiro no ano passado, segundo o estudo. Ele representou 56% dos investimentos, seguido pelo eólico (energia produzida a partir do vento), com 38%. Este é o segundo ano consecutivo de recordes nestes dois segmentos.

Em encontro realizado esta semana, no Japão, os líderes de Canadá, França, Alemanha, Itália, Reino Unidos e Estados Unidos assinaram declaração conjunta em que afirmam que vão acelerar a transição entre para a economia de baixo carbono, ou seja, a geração de energia que não emita gases de efeito estufa, como dióxido de carbono e metano, na atmosfera. Entre os pontos acordados por estes países está o fim do subsídio aos combustíveis fósseis até 2025.

leo2

No Portal Leonardo Energy você encontra uma publicação muito interessante de como o cobre contribui para a geração da energia solar fotovoltaica: http://leonardo-energy.org.br/wpdm-package/utilizacao-de-cobre-em-instalacao-fotovoltaica/

Fonte: http://conexaoplaneta.com.br/

Compartilhe