Indústrias procurando meios de reduzir o consumo de energia, frequentemente, contratam auditores externos para avaliar a eficiência energética de uma instalação. Embora seja uma boa ideia, não é aconselhável deixar esta tarefa totalmente nas mãos do consultor externo. Identificar boas oportunidades para economizar energia requer uma visão minuciosa dos processos internos e um conhecimento profundo de como eles foram projetados. Os engenheiros e operadores da indústria normalmente tem um conhecimento mais profundo das suas instalações do que consultores externos.   Por isso, é uma boa ideia iniciar o processo por uma auto avaliação da eficiência energética, como uma etapa preliminar ou um complemento para a auditoria externa.

Por onde deve começar uma auto avaliação? Este documento apresenta uma abordagem passo a passo para a condução de uma auditoria interna da eficiência energética, partindo da definição do escopo, até chegar a implementação de um plano de ação.  Dados relacionados ao consumo de energia devem ser obtidos e analisados, medidas de conservação de energia, identificadas e a relação custo/benefício, estimada. Ao longo do caminho serão discutidos casos reais de vários setores industriais, mostrando tanto exemplos de medidas facilmente aplicáveis quanto de soluções que requerem grande quantidade de capital.

Lista de arquivos (clique no(s) link(s) abaixo para ver o(s) documento(s))
AUTO AVALIAÇÃO DA EFICIENCIA ENERGÉTICA NA INDUSTRIA.pdf
Tamanho908.84 KB
Criado em01/02/2018
Atualizado em01/02/2018

Tags:

  auditoria interna     economia de energia     eficiência energética  
Download