Iniciativas:

Usualmente, os perfis de temperatura dos transformadores são obtidos por meio de sensores convencionais, como termopares e termorresistores. Esses termômetros podem apresentar problemas de isolação em alta tensão e interferências eletromagnéticas. Por isso, são geralmente instalados no topo do óleo.

Para a medição de temperatura diretamente aos enrolamentos do transformador, é necessário o uso de tecnologias que sejam imunes às deficiências apresentadas pelos sensores tradicionais. Desse modo, este trabalho tem como objetivo realizar um sucinto levantamento de tecnologias de medição de temperatura, baseadas em fibras ópticas, bem como apresentar trabalhos que trazem a aplicação dessas técnicas para o monitoramento térmico de transformadores.

Ivan Paulo de Faria - Graduado em Engenharia Elétrica com ênfase em Sistemas Elétricos de Potência (2010) pela Universidade Federal de Itajubá (UNIFEI) e mestrado em Engenharia Elétrica na área de Alta Tensão (2012) pela UNIFEI. Atuou na área de projetos e estudos elétricos pela empresa Siemens (2010). Iniciou o doutorado em Engenharia Elétrica na UNIFEI no ano de 2012, atuando como colaborador do Laboratório de Alta Tensão (LAT-EFEI) na mesma universidade. No LAT-EFEI, desenvolve estudos na área de sensoriamento térmico para transformadores por meio da utilização de sensores em fibras ópticas, análise térmica para a verificação do carregamento de transformadores de distribuição e participa do Programa Brasileiro de Etiquetagem-PBE como coordenador de ensaios.

Lista de arquivos (clique no(s) link(s) abaixo para ver o(s) documento(s))
Doc. 83-tr Webinar Monitoramento Termico.pdf
Tamanho0.00 KB
Criado em09/07/2015
Atualizado em09/01/2016

Tags:

  enrolamento de transformador     medição de temperatura     monitoramento  
Download